Vendas diretas e marketing de rede: entenda sobre

vendas diretas e marketing de rede
Imagem: Canva

Vendas diretas são aquelas em que o vendedor oferece produtos ou serviços diretamente ao consumidor, sem intermediários. Marketing de rede é uma forma de vendas diretas que envolve a criação de uma rede de distribuidores independentes, que recebem comissões pelas vendas próprias e pelas vendas dos seus indicados.

Ambos os modelos de negócio têm vantagens e desafios, e exigem dedicação, planejamento e capacitação dos vendedores. 

Neste artigo, vamos explicar melhor o que são vendas diretas e marketing de rede, quais são as suas características, benefícios e dificuldades, e como se destacar nesse mercado.

O que são vendas diretas?

Vendas diretas são aquelas em que o vendedor entra em contato direto com o consumidor final, sem a necessidade de um intermediário, como uma loja física ou um site. O vendedor pode oferecer os produtos ou serviços pessoalmente, por telefone, por catálogo, por internet ou por outros meios.

As vendas diretas podem ser realizadas de forma individual ou coletiva. No caso individual, o vendedor atende cada cliente de forma personalizada, apresentando os produtos ou serviços, tirando dúvidas e fechando a venda. No caso coletivo, o vendedor organiza reuniões ou eventos com um grupo de clientes potenciais, que podem ser amigos, familiares, colegas de trabalho ou outros contatos.

As vendas diretas são muito comuns em segmentos como cosméticos, perfumaria, moda, saúde, bem-estar, educação, entretenimento e serviços financeiros. Algumas das empresas mais conhecidas que atuam nesse mercado são Avon, Natura, Mary Kay, Herbalife, Jequiti e Cacau Show.

O que é marketing de rede?

Marketing de rede é uma modalidade de vendas diretas que se baseia na formação de uma rede de distribuidores independentes, que atuam como vendedores e recrutadores. O distribuidor ganha uma comissão pelas vendas que realiza e também pelas vendas dos seus indicados, que formam a sua equipe.

O marketing de rede também é conhecido como marketing multinível (MMN), rede de afiliados ou venda em rede. O objetivo é criar uma estrutura de distribuição em larga escala, aproveitando o potencial de cada vendedor e multiplicando as oportunidades de negócio.

O marketing de rede é regulamentado pela Lei nº 13.784/2019, que estabelece as regras para a atividade no Brasil. Porém, entre elas, estão a exigência de um contrato entre a empresa e o distribuidor, a garantia do direito de arrependimento do consumidor e a proibição de cobrança de taxas para ingressar na rede.

Vendas diretas e marketing de rede: atenção à golpes

O marketing de rede não deve ser confundido com o esquema de pirâmide financeira, que é ilegal e fraudulento. No esquema de pirâmide, não há a venda efetiva de produtos ou serviços. Mas apenas a captação de novos participantes, que pagam uma taxa para entrar no negócio.

Além disso, o lucro vem dessas taxas e não das vendas. Além disso, o esquema é insustentável, pois depende de um número crescente e ilimitado de pessoas para funcionar.

Tratam-se de formas de ter uma renda extra. Porém, é necessário ter muito cuidado e observar o trabalho, lucratividade e se o negócio é totalmente confiável e dentro da lei. Assim, você poderá ter uma boa melhora em suas finanças.


Última atualização: 28 de agosto de 2023

Recomendamos:

Confira também

CARTÃO BMG CARD
A menor taxa de juros, sem anuidade
e possui diversas vantagens!
CARTÃO MAGALU
2% de cashback
Zero Anuidade
CARTÃO PICPAY
Zero anuidade e limite
pré-aprovado a partir de R$ 400.
CARTÃO SUPERDIGITAL
Passa no crédito,
mas debita na hora.