Procurando um cartão exclusivo para você!

Riscos da inadimplência no cartão de crédito e como evitá-la

riscos da inadimplência
Imagem: Canva

O cartão de crédito é uma ferramenta financeira amplamente utilizada no mundo moderno. Com ele, é possível fazer compras online, pagar contas, realizar viagens e desfrutar de diversos benefícios e conveniências. 

No entanto, o mau uso do cartão de crédito pode levar à inadimplência, uma situação preocupante que pode trazer diversos riscos financeiros e impactar negativamente a vida das pessoas. 

Neste artigo, discutiremos os riscos da inadimplência no cartão de crédito e forneceremos algumas dicas importantes sobre como evitá-la.

1. Aumento do endividamento

Um dos principais riscos da inadimplência no cartão de crédito é o aumento do endividamento. Quando uma pessoa deixa de pagar a fatura integralmente e opta pelo pagamento mínimo, os juros cobrados pelo banco são adicionados ao saldo devedor. 

Com o passar do tempo, esses juros podem se acumular rapidamente, tornando a dívida cada vez mais difícil de ser quitada. Além disso, se o indivíduo continua utilizando o cartão sem controle, o montante devido pode se tornar insustentável.

2. Cobrança de juros e multas para evitar riscos da inadimplência

Outro risco significativo da inadimplência no cartão de crédito são os juros e multas cobrados pelas instituições financeiras. 

Quando uma pessoa deixa de pagar a fatura na data de vencimento, é aplicada uma taxa de juros sobre o saldo devedor. Além disso, é comum que seja cobrada uma multa pelo atraso no pagamento. 

Esses encargos adicionais podem aumentar consideravelmente o valor da dívida, dificultando ainda mais sua quitação.

3. Restrição de crédito

A inadimplência no cartão de crédito pode levar à restrição do crédito do consumidor. As instituições financeiras podem incluir o nome do devedor em órgãos de proteção ao crédito, como o SPC e o Serasa. 

Essa restrição torna mais difícil a obtenção de empréstimos, financiamentos e até mesmo a contratação de serviços básicos, como a abertura de uma conta em um banco. 

Além disso, o histórico de inadimplência pode impactar negativamente a pontuação de crédito do indivíduo, dificultando futuras transações financeiras.

4. Dificuldade em organizar as finanças pessoais

A inadimplência no cartão de crédito também pode causar dificuldades na organização das finanças pessoais. Contudo, quando uma pessoa não consegue pagar sua fatura integralmente, é sinal de que sua situação financeira está desequilibrada. 

A falta de controle sobre os gastos e a incapacidade de honrar os compromissos financeiros podem levar a um ciclo vicioso de dívidas, causando estresse e preocupação constantes.

Como evitar riscos da inadimplência no cartão de crédito?

Felizmente, existem medidas que podem ser adotadas para evitar a inadimplência no cartão de crédito. Sendo assim, aqui estão algumas dicas importantes:

1. Crie um planejamento financeiro para evitar riscos da inadimplência

O primeiro passo para evitar a inadimplência no cartão de crédito é criar um planejamento financeiro sólido. Analise suas despesas mensais, estabeleça um orçamento e defina limites para seus gastos.

Portanto, tenha em mente sua capacidade de pagamento e evite comprometer uma parte muito grande de sua renda com o uso do cartão.

2. Utilize o cartão de forma consciente

Use o cartão de crédito de forma consciente e responsável. Faça compras apenas quando necessário e evite gastar mais do que pode pagar. Por isso, lembre-se de que o cartão de crédito não é uma extensão de sua renda, mas sim um meio de pagamento que requer responsabilidade.

3. Pague a fatura integralmente e na data de vencimento

Sempre que possível, procure pagar a fatura integralmente e dentro do prazo de vencimento. Ao fazer isso, você evitará a cobrança de juros e multas. Além disso, caso não seja possível pagar o valor total, procure pagar o máximo que puder, evitando ao máximo o pagamento mínimo, que acarreta em altos encargos financeiros.

4. Acompanhe suas despesas

Mantenha um controle rigoroso de suas despesas. Anote todos os gastos realizados com o cartão de crédito e verifique regularmente sua fatura para garantir que todos os valores estejam corretos. 

Dessa forma, você terá uma visão clara de seus gastos e poderá identificar eventuais discrepâncias ou despesas desnecessárias.

5. Esteja atento aos benefícios e custos do cartão

Conheça os benefícios e custos associados ao seu cartão de crédito. Alguns cartões oferecem programas de recompensa, como acúmulo de milhas ou cashback, que podem ser vantajosos se utilizados de forma consciente. 

Por outro lado, esteja atento às taxas e tarifas cobradas pelo uso do cartão, evitando cartões com anuidades elevadas ou serviços desnecessários.

6. Negocie suas dívidas para evitar riscos da inadimplência

Caso você se encontre em uma situação de inadimplência, não hesite em buscar alternativas para negociar suas dívidas. 

Entre em contato com a instituição financeira emissora do cartão e tente chegar a um acordo viável para a quitação do débito. Muitas vezes, é possível obter descontos, parcelamentos ou refinanciamentos que facilitem a regularização da situação.

A inadimplência no cartão de crédito pode trazer consequências graves para a vida financeira de uma pessoa, aumentando o endividamento, gerando cobrança de juros e multas, restringindo o crédito e dificultando a organização das finanças pessoais. 

No entanto, é possível evitar estes riscos adotando medidas simples, como criar um planejamento financeiro, utilizar o cartão de forma consciente, pagar a fatura integralmente e na data de vencimento, acompanhar as despesas, conhecer os benefícios e custos do cartão e negociar dívidas quando necessário. 


Última atualização: 19 de maio de 2023

Recomendamos:

Confira também

CARTÃO BMG CARD
A menor taxa de juros, sem anuidade
e possui diversas vantagens!
CARTÃO MAGALU
2% de cashback
Zero Anuidade
CARTÃO PICPAY
Zero anuidade e limite
pré-aprovado a partir de R$ 400.
CARTÃO SUPERDIGITAL
Passa no crédito,
mas debita na hora.