Orçamento Público é o ponto de partida de uma gestão governamental

Entenda a importância de conhecer o orçamento público e o porquê de ele ser tão falando em época de eleição.

Orçamento Público interfere na vida de todo brasileiro.

É com o orçamento público que as diversas instâncias de governo: Federal, Estadual e Municipal destinam recursos para as despesas que possibilita o equilíbrio das contas públicas.

Todo o planejamento financeiro do governo é desenvolvido a partir de uma organização prévia monetária. Dessa forma, os impostos arrecadados e outras receitas estimadas pelos governos.

Orçamento público é o planejamento de recursos financeiros do Estado: Entenda esse orçamento

Votação Pública
Orçamento Público passa por estágios que não podem ser alterados.

Discussão sobre orçamento público é uma das principais pautas das propagandas eleitorais. No auge das Eleições 2022, o termo é um dos mais citados e questionados em debates e nos planos governamentais.

Tudo isso por pensar que é essa programação financeira que permite o investimento em determinadas áreas, ou, por vezes, a implantação de novos projetos, que podem ser determinantes para um determinado governo.

Assim, Orçamento Público é um planejamento financeiro que detalha a previsão dos recursos que o Estado vai arrecadar. A programação de receita e despesa garante a organização anual dos governos.

Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária Anual (LOA)

Orçamento Público é definido em votação.
Sua voz é importante no Orçamento Público

A importância do Orçamento Público é tamanha, que existe lei que rege a forma de gastar e de distribuir o dinheiro a público arrecadado. A LDO orienta a LOA, ou seja, define as metas e prioridades da administração pública durante o ano.

O Executivo que elabora A LDO e a LOA. Depois o Congresso Nacional analisa e vota. Para a aprovação desses orçamentos, é comum haver muitas negociações e reivindicações vidas dos parlamentares.

No ano de 2021, por exemplo, com a pandemia da Covid-19 as leis orçamentárias precisaram levar em conta um aumento do investimento, de emergência, na saúde e naquelas pessoas que, por questão de saúde pública, não puderam trabalhar.

As políticas públicas são contempladas desse orçamento. A cada ano é levado em consideração a situação financeira dos brasileiros, inflação, salário e segurança pública, por exemplo.

O orçamento público é previsto em constituição. Logo, desde 1988 ela é obrigatória em todos os níveis de governo. Ou seja, é preciso cumprir todas as fases:

  • Discussão
  • Elaboração
  • Aprovação
  • Execução
  • Avaliação
  • Julgamento do orçamento

Gastos mínimos e orçamento participativo

Existe prioridade em algumas áreas. Logo, tem um percentual, que não pode ser menor, que o estipulado. Para a saúde, por exemplo, devem ser destinados, no mínimo, 13,2% das despesas.

Já para a educação, o mínimo estabelecido é de 18% da arrecadação de impostos. Da mesma forma, outras áreas como segurança e assistência, não há um mínimo constitucional estabelecido.

Na esfera municipal, por outro lado, tem o orçamento discutido de forma participativa. Ou seja, com participação direta da população. Os cidadãos podem discutir as prioridades de serviços e investimentos municipais.

Nas Casas do Povo, em cada município, são discutidas e votadas semanalmente. As propostas acontecem através de fóruns e audiências públicas.

Só depois desta discussão, o projeto mais votado entra na respectiva lei orçamentária do Município.

As negociações em torno de questões orçamentárias reforçam a importância das relações institucionais e governamentais. De mesma forma reforça a importância de a população acompanhar o processo de elaboração, votação e até mesmo fiscalização da aplicação do Orçamento Público.

Você já participou de alguma audiência pública de seu município? Exerça seu direito de cidadão e fiscalize o investimento do Orçamento Público de sua cidade, de seu Estado e fique por dentro do que os governos, que foram eleitos com seu voto, priorizam ao longo dos anos.


Confira também

CARTÃO MAGALU
2% de cashback
Zero Anuidade
CARTÃO BANCO PAN
É de graça! Faça seu cartão de
crédito e débito do Banco Pan.
CARTÃO ITAÚ CLICK
Sem anuidade pra sempre
e limite de até 10 mil reais!

Federal, Municipal e Estadual: Conheça qual a responsabilidade de cada governo

Aumento da gasolina deixou brasileiros com o orçamento mais apertado em 2022