Carregando seu cartão...

Como funciona a bolsa de valores e quais são os principais índices

como funciona a bolsa de valores
Imagem: Canva

A bolsa de valores, como um dos pilares fundamentais do sistema financeiro global, desempenha um papel crucial na economia moderna. Sua complexidade e dinamismo oferecem oportunidades únicas para investidores, empresas e governos. 

No entanto, para muitos, a bolsa de valores permanece um território desconhecido, repleto de jargões e conceitos aparentemente inacessíveis.

Continue essa leitura e entenda como funciona a bolsa de valores e seus principais índices.

O que é a bolsa de valores?

A bolsa de negociação é um ambiente estruturado onde ocorre a compra e venda de ações de corporações, títulos de investimento, matérias-primas, moedas e diversos outros instrumentos financeiros.

Ela tem como função facilitar o acesso dos investidores aos mercados, proporcionando liquidez, transparência e segurança nas operações.

Além disso, a bolsa de valores funciona por meio de um sistema eletrônico que conecta os participantes, como corretoras, bancos, fundos e investidores individuais. 

Portanto, esses participantes podem enviar ordens de compra e venda de ativos, e o mercado registra e executa essas ordens de acordo com suas regras. Além disso, existem dois tipos de ordens: as ordens limitadas, que têm um preço máximo ou mínimo definido para a execução, e as ordens a mercado, que executam a transação pelo preço disponível no momento.

Compreenda os índices

Os principais índices da bolsa de valores são indicadores que medem o desempenho médio de um conjunto de ações. Sendo assim, eles servem como referência para os investidores avaliarem a rentabilidade e o risco de suas carteiras. Sendo assim, alguns exemplos de índices são:

  • Ibovespa: é o principal índice da bolsa brasileira, que reúne as ações mais negociadas e representativas do mercado. O Ibovespa é calculado com base na variação dos preços das ações que compõem sua carteira teórica, ponderada pelo volume negociado.
  • S&P 500: é o principal índice da bolsa americana, que reúne as 500 maiores empresas dos Estados Unidos em termos de valor de mercado. Contudo, o S&P 500 é calculado com base na capitalização de mercado das empresas que compõem sua carteira.
  • Nasdaq: é o principal índice da bolsa eletrônica americana, que reúne as empresas de tecnologia e inovação. O Nasdaq é calculado com base na capitalização de mercado das empresas que compõem sua carteira.
  • Euro Stoxx 50: é o principal índice da bolsa europeia, que reúne as 50 maiores empresas da zona do euro em termos de valor de mercado. O Euro Stoxx 50 calcula-se com base na capitalização de mercado das empresas que compõem sua carteira.

A bolsa de valores é um ambiente dinâmico e complexo, que exige conhecimento e disciplina dos investidores.

Por isso, investir na bolsa requer uma estratégia definida, o acompanhamento de notícias e indicadores econômicos, a diversificação de ativos e o controle emocional. Sendo assim, a bolsa pode oferecer oportunidades de ganhos, mas também envolve riscos e custos.

Recomendamos também: